ICAO – Entenda o porque ela é uma das principais organizações da aviação civil

Você já ouviu falar sobre a ICAO?

Talvez sim, talvez não!

O fato é que está organização é de extrema importância para a aviação civil.

Sendo bem honesto aqui, este assunto não é exatamente minha especialidade.

Mas meu compromisso é abordar assuntos relevantes da indústria de viagens aéreas.

E a ICAO definitivamente não pode ficar de fora.

Espero ter te deixado curioso! 🙂

Continue lendo este artigo e saiba tudo o que precisa saber sobre a ICAO.

O que é ICAO?

A ICAO (International Civil Aviation Organization) traduzindo (Organização Internacional da Aviação Civil) é uma agência especializada das Nações Unidas criada em 1944 com 193 países-membros.

Sua sede permanente fica na cidade de Montreal, Canadá.

Os objetivo da ICAO:

CONSIDERANDO QUE o futuro desenvolvimento da aviação civil internacional pode ajudar muito a criar e preservar a amizade e o entendimento entre as nações e os povos do mundo, mas seu abuso pode se tornar uma ameaça à segurança geral;

CONSIDERANDO que é desejável evitar o atrito e promover essa cooperação entre nações e povos dos quais depende a paz do mundo;

PORTANTO, os governos abaixo-assinados concordaram em certos princípios e arranjos para que a aviação civil internacional possa ser desenvolvida de maneira segura e ordeira e que os serviços de transporte aéreo internacional possam ser estabelecidos com base na igualdade de oportunidades e operados de forma sólida e econômica;

Códigos ICAO

Assim como a IATA têm seus próprios de códigos para designar aeroportos e companhias aéreas.

O sistema da ICAO usa quatro letras para aeroportos e três letras para companhias.

O Alfabeto Fonético também foi desenvolvido pelo ICAO logo após a segunda guerra mundial.

E a IATA?

Se você não sabe o que é IATA, escrevi um artigo completo.

Uma das funções da IATA também é cooperar com a ICAO e também outras organizações internacionais.

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que achou deste artigo.

Outro assunto que poderia abordar nos próximos artigos, dica extra que queira compartilhar ou até mesmo alguma crítica.

Se você assim como eu ama a Indústria Aérea e conhece pessoas que adorariam receber esse conteúdo!

Compartilhe esse artigo! Facebook, Twitter e Linkedin!

Tagged