Covid-19 na aviação: Impactos, procedimentos e o que esperar do futuro

Estávamos voando, literalmente, até que aparece o Covid-19 na aviação, não somente na aviação, não me entendam mal.

Não preciso nem falar sobre o impacto mundial que este vírus esta fazendo e meu intuito neste artigo é dar uma visão geral sobre o que está acontecendo na indústria de viagens aéreas.

Este Blog é voltado especialmente para profissionais e quem almeja um dia trabalhar com viagens aéreas.

Entretanto, as informações a seguir desta vez tem o intuito de ajudar não somente os profissionais mas também passageiros que já compraram suas passagens ou estão pensando em comprar uma.

Portanto, se você pretende trabalhar ou já trabalha com viagens aéreas ou comprou ou pretende comprar uma passagem, continue lendo este artigo.

Covid-19 na aviação

O impacto financeiro de acordo com a IATA até agora por causa do Covid-19 na aviação mundial foi de até agora -63 Bilhões de dólares no mundo.

Além disso, ações das companhias aéreas brasileiras como Azul e Gol simplesmente derreteram.

Da mesma forma, falando em ações outra que derreteu também foi a da operadora CVC, pelo mesmo motivo.

Paralelamente, já estamos ouvindo rumores de cortes de funcionários e redução de salários em companhias aéreas e também agências de viagem.

Para se ter uma ideia do tamanho do impacto, de acordo com relatório da WTTC ( World Travel & Tourism Council) a indústria de viagens suporta 291 milhões de empregos – quase 1 em cada 10 empregos no mundo.

Nos últimos 23 anos já vi todo tipo de crise: 11 de Setembro, SARS, Gripe aviária e suína, crise global de 2008, etc.

Mas, nenhuma destas crises parece ser tão severa como esta do Covid-19 na aviação.

Colaboradores de companhias e agências estão trabalhando home office para ajudar na não proliferação do vírus, inclusive eu.

Alteração de datas e reembolso

Já escrevi artigos, gravei vídeos e podcasts sobre alteração de datas e reembolsos.

Não vou entrar aqui nos detalhes, até porque os procedimentos estão constantemente mudando e cada companhia aérea está tomando suas próprias decisões dependendo de datas, rotas e destinos envolvidos.

No entanto, por causa do Covid-19 na aviação, precisamos ter uma dose extra de empatia com os profissionais envolvidos.

Em primeiro lugar, vejo muitos passageiro procurarem as companhias aéreas para fazerem as alterações e solicitações de reembolso.

Fato é que o passageiro comprou a passagem diretamente com a companhia, tudo bem.

O “problema” é quando o passageiro compra o bilhete por uma agência de viagem.

Toda alteração e reembolso deve ser solicitado diretamente com a agência que o passageiro comprou o bilhete.

“Mas Willian, não consigo contato com a agência”.

Como já falei anteriormente estamos passando pelos piores momentos da nossa indústria e quiça das nossa vidas.

Um pouco de paciência e bom senso, cabe muito bem nesta hora.

ANAC – Regras emergenciais para alteração e reembolso de passagens aéreas

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) no dia 19 de Março de 2020 anunciou através deste documento aqui, as regras emergências.

Entre as principais mudanças, estão a possibilidade do passageiro adiar sua viagem em até um ano.

Da mesma forma, outro ponto importante também é o prazo para reembolso.

Neste momento delicado, fluxo de caixa é muito importante para as empresas sobreviverem.

Em outras palavras, as companhias veem enfrentando um volume muito alto de reembolso, afetando diretamente em seu fluxo de caixa.

Com esta nova regra, a companhias podem reembolsar o passageiro em até um ano.

De verdade, as companhias não querem aguardar para autorizar um reembolso perto de um ano, o intuito aqui é ganhar um “respiro” chamado de fluxo de caixa.

#Adia!

Está acontecendo um movimento muito legal na internet que é a #adia.

Este movimento criado pela ABAV (Associação Brasileira de Agência de Viagens) tem o intuito de conscientizar o passageiro para não reembolsar suas viagens, mas sim adiar, colaborando assim com a indústria e os empregos dos profissionais.

Filtro HEPA

HEPA o que????

Esta situação vai passar, como todas as outras.

No entanto, já estou prevendo um pouco de receio entre os passageiros sobre viajar de avião, mesmo depois que o vírus for controlado.

Por exemplo, quem nunca ouviu um comentário como esse?

“Aquele ar condicionado do avião deve ficar circulando aquele mesmo ar durante toda a viagem”

Quanto á este comentário e qualquer variável posso te afirmar que estão TOTALMENTE ERRADOS.

Te explico o porquê!

Estudos recentes da Agência Europeia para a Segurança da Aviação mostraram que “a qualidade do ar da cabine é semelhante ou melhor do que a observada em ambientes internos normais”, como escritórios, escolas e residências.

As aeronaves modernas têm filtros de ar de alta eficiência semelhantes aos usados nas salas de cirurgia do hospital. Eles capturam mais de 99,9% dos micróbios transportados pelo ar no ar filtrado.

Isso significa que se o passageiro tiver qualquer receio de voar, ele deve igualmente ter o mesmo receio em um ônibus, metrô, teatro ou cinemas.

Estes filtros são chamados de HEPA (High Efficiency Particulate Air).

A cada hora toda o ar da cabine é trocado entre 20-30 vezes.

Portanto, vamos usar estes números e comparações para tranquilizar nossos passageiros.

Covid-19 na Aviação

Futuro depois do Covid-19 na aviação

Não tem jeito.

Amo esta indústria, mas ela é infelizmente muito sensível a qualquer evento de crise.

Por exemplo, pense comigo! Quando você está inseguro no seu emprego, qual é a primeira medida que toma? “Aperta o cinto”.

E apertar o cinto na maioria das vezes é não viajar.

Porem, os Sapiens adoram viajar.

Veja este estudo, você sabia que depois da casa própria o principal desejo dos brasileiros é fazer uma viagem internacional?

Sabe qual é o próximo desejo depois da viagem internacional?

Uma viagem nacional.

Portanto, vamos passar (já estamos passando) por um momento muito delicado.

Mas são nas crises que as cartas são redistribuídas.

Funcionários que não estavam fazendo o que ama e que não estavam performando tão bem vão sair.

Outros bons, por falta de escolha também sairão.

Mas posso te garantir, que num futuro bem próximo as coisas vão voltar ao normal, e vou além, ainda melhores do que eram antes.

Eu falo isso por experiência própria.

Na crise de 2008, fui demitido da companhia aérea que trabalhava.

Mas nunca deixei de estudar, me desenvolver e principalmente nunca desisti de continuar trabalhando com o que amo.

Até por isso hoje você está lendo agora um artigo meu.

Enquanto isso, nesta quarentena, neste período de reflexão tome uma decisão.

Vai ficar se vitimizando culpando isso ou aquilo ou vai assumir o controle da sua vida e leva-lá até onde VOCÊ deseja?

A decisão é somente sua.

Entre no meu canal no YouTube e faça uma “maratona” de vídeos.

Leia todos os artigos deste Blog.

Se prepare, pois a “sorte” é como um ônibus. Está sempre passando, mas para entrar você deve “pagar”.

Quantas vezes o ônibus passou e você não tinha a tarifa necessária para pagar.

Pense nisso!

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que achou deste artigo ou sobre assuntos que poderia abordar nos próximos artigos, dica extra que queira compartilhar.

Se você assim como eu ama a indústria e conhece pessoas que adorariam receber esse conteúdo!

Compartilhe esse artigo! Facebook, Twitter e Linkedin!

Nos vemos em breve!