Surface: o que é, os principais e quais são os perigos

Você já parou para pensar como incluir um surface em uma viagem pode ser uma excelente opção para o passageiro?

Imagine a felicidade dele quando souber que é possível na mesma viagem conhecer outro país sem necessariamente gastar mais por isso.

Alem de não precisar ficar se deslocando somente por avião, mas sim por trem, ônibus e cruzeiro.

Caso você já trabalhe ou um dia pretende trabalhar em uma companhia aérea ou agência de viagem vai precisar saber sobre como funciona um surface.

Parece interessante?

Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre surface.

O que é um surface?

Surface é um termo em inglês muito utilizado nos cálculos de tarifas.

Em outras palavras, significa que o passageiro vai entrar e sair de uma cidade ou país diferente.

Ou seja, o caminho entre um ponto e outro é feito pelo passageiro de forma independente e separada.

Resumindo, o passageiro viajará entre os pontos por outros meios, talvez por trem, ônibus, carro, cruzeiro etc.

Já falei sobre os tipos de viagens em outro artigo.

Surface

Porque indicar um surface?

Ao indicar um surface de forma correta, o passageiro tem a oportunidade experimentar mais de um país.

Além disso, acredito que uma viagem inesquecível é muito mais que ficar correndo de um aeroporto para o outro.

Assim, quando uma viagem possui também trechos de ônibus, trem e barco, o passageiro também tem a oportunidade de realmente conhecer o destino e não somente os aeroportos.

Será que fica mais caro?

Os preços variam muito dependendo do cada destino.

Portanto em alguns casos vão ficar mais caros, em outro mais barato.

No entanto, vale muito a pena verificar as opções de surface, pois se trata de uma oportunidade não somente de “agradar” o passageiro com a chance de conhecer mais destinos, como também nos casos de agências de viagem oferecer pacotes adicionais de terrestre ou cruzeiros.

Surface perigosos

Falamos sobre os benefícios do surface, mas não poderia deixar de falar sobre os perigos também.

Existem alguns casos que o surface pode se tornar perigoso.

Sendo assim, recomendo fortemente que verifique antes de recomendar um trecho terrestre para um passageiro.

Infelizmente não são todos os destinos que estão abertos aos turistas.

Seja por motivos de guerra, conflitos internos ou mesmo geográfico.

Segue os 3 principais surfaces no mundo que devem ser evitados.

1 – Caminhadas na fronteira afegã / paquistanesa

2 – Índia para a Tailândia via Myanmar

3 – Panamá para a Colômbia.

Principais surfaces Internacionais

Calma, depois de te apavorar com os surfaces perigosos, chegou a hora de informar os principais.

Claro que a lista é infinita e sua habilidade como profissional nesta área vai ampliar ainda mais esta lista.

Surface representado por //

  • Bangkok // Singapura
  • Hanoi // Bangkok
  • Sydney // Cairns
  • Lima // Santiago
  • New York // Los Angeles
  • Moscow // Pequim
  • Saigon // Hanoi
  • Nairobi // Cape Town
  • Delhi // Kathmandu
  • Cairo // Istambul

Concluindo, espero que este conteúdo tenha acrescentado algum valor em sua carreira.

Ah, se inscreva também em nossa lista de email para ser o primeiro a receber novidades aqui do AirInsp.

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que achou deste artigo ou sobre assuntos que poderia abordar nos próximos artigos, dica extra que queira compartilhar.

Se você assim como eu ama a indústria e conhece pessoas que adorariam receber esse conteúdo!

Compartilhe esse artigo! Facebook, Twitter e Linkedin!

Nos vemos em breve!